A pensar em ti..., este blog também se escreve em português...!!!


17 de febrero de 2010



Nuevas oportunidades…





Que rompan el florero

y se haya derramado el agua de su interior

no significa que han matado

la Belleza de la FLOR.



Que la tormenta arrecie

y nos abrume su oscuridad

no alcanza para negar al Sol.



Las LÁGRIMAS que la Tristeza,

la Culpa o el Dolor

te han dejado como indeseado regalo,

no deberían olvidar que también,

alguna vez,

rodaron en caída libre por tus mejillas

de no soportar reír tanto.



O aquella vez en que la emoción,

ante lo bello, lo tierno, lo inocente o lo amado,

no pudo arreglárselas para poder contenerlas.



Tu ALMA, dolorosamente lastimada,

no debería transitar

este pedregoso camino rellenado de Odios,

sin haber dejado de recorrer

la suave y pavimentada senda

que conduce al PERDÓN.



Tu CORAZÓN debería saber

que sus heridas no se curan

toda vez que sigues recordando a quién,

cómo, dónde, cuándo y cuánto te lastimó.

Cada vez que lo haces te arrodillas,

humillado, derrotado ante el Rencor.



TÚ deberías saber

que puedes hacerte a Ti mismo

el mejor regalo:

hoy deberías permitirte experimentar

qué es otorgar un PERDÓN,

aunque sea uno a la vez...



O darte el lujo de curar una vieja herida

con un pequeño gran recuerdo

de los que tienen la virtud de hacer

que el pasado sea…

tan sólo una imperceptible cicatriz.


Algunos llamarían a esto Olvidar.....


¡! DEBERÍAS SABER....!!!





Novas oportunidades…


Que partam a jarra

e se tenha derramado a água do seu interior

não significa que mataram

a Beleza da FLOR.



Que a tempestade aumente

e nos incomode a sua escuridão

não é suficiente para negar o Sol.



As LÁGRIMAS que a Tristeza,

a Culpa ou a Dor

te deixaram como indesejado presente,

não deveriam esquecer que também,

alguma vez,

rolaram em queda livre pelas tuas faces

de não soportar rir tanto.



Ou aquela vez em que a emoção,

diante do belo, o terno, o inocente ou o amado,

não pôde preparar-se para poder contê-las.



Tua ALMA, dolorosamente ferida,

não deveria transitar

este pedregoso caminho recheado de Ódios,

sem ter deixado de percorrer

a suave e pavimentada via

que conduz ao PERDÃO.



Teu CORAÇÃO deveria saber

que as suas feridas não se curam

cada vez que segues recordando a quem,

como, onde, quando e quanto te feriu.

Cada vez que o fazes ajoelhas-te,

humilhado, derrotado diante do Rancor.



TU deverias saber

que podes oferecer a Ti mesmo

o melhor presente:

hoje deverias permitir-te experimentar

o que é conceder um PERDÃO,

ainda que seja um de cada vez...



Ou permitir-te o luxo de curar uma velha ferida

com uma pequena grande recordação

dos que têm a virtude de fazer

que o passado seja…

tão-somente uma imperceptível cicatriz.


Alguns chamaram a isto Esquecer.....


DEVERÍAS SABER....!!!




Sergio
17.02.2010


44 comentarios:

  1. Sabér perdonar, una de las más bellas virtudes del ser humano.
    Gracias por este maravillo texto.

    Muchos besos

    ResponderEliminar
  2. Meu bom dia querido.
    Parabéns pelos escritos,tens um talento invejável.
    Um beijo grande.

    ResponderEliminar
  3. Serpai,cuando somos conscientes de nuestros fallos y límites,entonces es fácil perdonar,entender y seguir el camino que nos marcan los días con libertad y paz interior.

    Buena reflexión y buena invitación,que nos hace grandes de espíritu unidos a los demás.

    Mi felicitación y mi abrazo,amigo.
    M.Jesús

    ResponderEliminar
  4. Lindas palavras, verdadeiras, e me tocam
    a alma, pois estou vivenciando exatamente isso,
    uma cicatriz na alma, mas sem ter a vontade de me presentear com o perdão a quem me feriu.És
    um poeta admirável.Beijo grande !

    ResponderEliminar
  5. Muy bellas palabras.
    Pero tienes algo para quien perdona a la misma persona más de una, dos, tres, y cuatro veces...y sigue igual.Porque tengo gente de la que paso,pero tira a matar.

    ResponderEliminar
  6. Sergio, a palavra perdão, não basta somente ser pronunciada, ela tem que primeiramente existir dentro de nós, do nosso coração, aí sim poderemos olhar com o olhar mais puro para a pessoa que nos magoou e dizer com a alma: "Eu te perdoo"

    Ou também ao contrário, se formos nós que magoamos, que machucamos alguém, ao chegarmos ao ponto de termos a necessidade de pedir perdão, que seja por reconhecimento total de que erramos quando assim o fizermos.

    Lindo demais o teu escrito, reflexão que vale muito.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Confesso que tive alguma dificuldade para ler... MAs o que um tradutor não faz hoje em dia?

    Lindo texto!
    Obrigada pela visita. Realmente é muito bom interagir com as pessoas de outros lugares do mundo!

    Abraços e seja sempre bem vindo ao meu blog!

    ResponderEliminar
  8. El perdón es el mejor blasamo del alma

    Precioso texto

    Beijos

    ResponderEliminar
  9. 'Teu CORAÇÃO deveria saber
    que as suas feridas não se curam
    cada vez que segues recordando a quem,
    como, onde, quando e quanto te feriu.
    Cada vez que o fazes ajoelhas-te,
    humilhado, derrotado diante do Rancor'.

    Lindo esse poema, cala fundo em nossa alma nos mostrando o verdadeiro sentido de bem viver.

    Abraços, seu blog é excelente. E obrigada por sua gentil visita.

    tais luso

    ResponderEliminar
  10. Realmente tem aqui um cantinho muito bonito...
    Gostei do que li.
    Até um destes dias

    ResponderEliminar
  11. Parabéns pelas palavras, linda reflexão era tudo que eu precisava ler e saber hoje, embora ja saiba mas quando nos encontramos em certas ocasiões parece que esquecemos tudo...pensamos somente nas feridas que estão abertas e nos esquecemos de tanta alegria que já passamos, você com suas palavras me fez abrir bem os olhos hoje..
    um beijo enorme em teu coração...
    Mary Fenix

    ResponderEliminar
  12. El perdón es un obsequio, un regalo...que se hace a nuestros semejantes y a uno mismo.Es cerrar heridas existentes...es asir la mano del amigo.

    Un agarimoso saludo.

    ResponderEliminar
  13. Que bello texto Sergio...
    Me emocionaste... no todos tienen en el alma el poder del perdón y perdonar nos libera...
    Es cierto!!!
    Mil besos llenos de luz para ti!!!

    ResponderEliminar
  14. Oi Sergio!
    Muito obrigada pela sua visita e o seu carinho.
    Gostei bastante do seu blog e do seu estilo de escrever. Você tem muito bom gosto e os seus textos são, além de belíssimos, de muita profundidade.
    Eu me senti acolhida e muito bem vinda, por isso me tornei uma seguidora sua e continuarei a te visitar.
    Bjussss

    ResponderEliminar
  15. Um texto para ser lido e interiorizado.
    O perdão é um passo enorme quando queremos percorrer o caminho da felicidade.
    Gostei muito deste espaço, onde se lêem palavras vindas do coração.
    Obrigado pela visita ao meu Mundo e obrigado por me dares a conhecer o teu.

    um abraço

    ResponderEliminar
  16. em cada estrofe lida, conseguiste provocar em mim um milhão de sentimentos. Tocaste no meu coração. Com a tua sensibilidade arrancaste-me uma lágrima que demorou a cair. Revi-me em cada palavra.
    Continua a ser a pessoa que és. Mts parabéns

    ResponderEliminar
  17. Ôlá Sérgio!
    Seu blog é um espetáculo!
    Foi muito bom passar aqui e ver tantos e
    belos escrito.
    Ah! Obrigadão pela visita
    um forte abraço!

    ResponderEliminar
  18. Un poema con su contraparte lógica y moral, y escrito con la solvencia de su trazo, muy agradable de leer. Un abrazo.

    ResponderEliminar
  19. sim, de facto é bom percorrer blogs e encontrar que goste de escrever tanto como nós próprios, é um prazer ler a escrita de quem ama o que faz.
    continua porque eu tambem vou continuar a vir aqui ver o teu trabalho, abraço

    ResponderEliminar
  20. El mayor perdón
    es que se hace
    uno a sí mismo.

    El perdón es
    libertad para el
    espíritu.

    Un abrazo Sergio

    ResponderEliminar
  21. Tu sensibilidad transmite algo sublime..abrazos
    Myriam

    ResponderEliminar
  22. la Belleza de la FLOR.
    ---------
    A beleza das flores está relacionada com o jogo da sedução. É uma das formas, das plantas se perpetuarem.
    ------
    Felicidades.
    Manuel

    ResponderEliminar
  23. Sérgio, obrigada pelos presentes, as suas gentís palavras no meu Blog, e esse belíssimo poema sobre o perdão, gostaria de retribuir mas como não tenho o dom da escrita, vou pedir emprestada as palavras de um monge tibetano.

    "No ano há dois dias que realmente você não consegue saber deles".
    O primeiro é o dia de ontem, pois já é passado, você não pode voltar atrás e também não pode modificar aquilo que já foi feito ou foi dito.
    O segundo é o amanhã, pois este é o futuro e este pertence a Deus".
    Logo, para compensar tudo isso, Deus nos dá o dia de hoje, o qual Ele sabiamente deu o nome de presente.
    Pois é justamente isso que nós temos todos os dias apesar dos problemas:
    Um Presente Divino uma Dádiva de Deus - A vida!

    Penso meu amigo que com um presente desses, não vale a pena guardar rancor de quem ou do que quer que seja. O perdão liberta.
    abraços

    ResponderEliminar
  24. O perdão é sublime e indispensável, porém difícil.

    Textos maravilhosos! Muito honrada com sua visita e feliz com seu carinho lá no blog. Fique sempre à vontade.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  25. Parabéns pelo excelente texto poético.

    Abraço

    ResponderEliminar
  26. Que bello poema!!!
    Es necesario llorar, enojarse un poco, pero al final, no quedarse con lo duele sino elegir quedarse con lo bueno.
    Y si no puede perdonar, intentar al menos poder continuar.

    Besos!!!

    ResponderEliminar
  27. Precioso texto... que cuenta muchas verdades...

    Un saludo!

    ResponderEliminar
  28. adorei seu blog, apesar de ser Brasileira me interessei bastante !

    beijos.

    ResponderEliminar
  29. Lindas palavras..
    Perdoar...palavrinha difícil..e mais ainda esquecer.
    Mas..vale cada letrinha, pois liberta...cura...
    A alma ...o coração, a mente e o corpo.
    Super beijos,
    Regina d´Ávila.

    ResponderEliminar
  30. Tu mensje me llegó en lo profundo...del corazón
    Besos

    ResponderEliminar
  31. saber perdonar es lo más hermoso de la vida, muchas veces se hace imposible pero hay que vencer ese tremendo dolor y perdonar, de esa manera te liberas y liberas de la carga ingrata, muy hermoso texto.

    Besos

    ResponderEliminar
  32. Ah... me perdoa Sergio pela minha falta de antenção! kkk
    E eu quebrando a cabeça para ler!

    Agora pode deixar que estarei aqui sempre ^^

    Abraços pra ti!

    ResponderEliminar
  33. yo hablo y escribo en español

    interesse seu blog ser em 2 idiomas, vc quem traduz pro português?



    abraços,
    fique na Graça

    ResponderEliminar
  34. Olá Serpai!
    Primeiramente quero agradecer-te a visita e tuas lindas palavras.
    Teu cantinho é muito acolhedor. Que maravilha também ser escrito em português, ótimo para aprendermos o seu idioma.
    Teu poema é por deveras lindo e profundo, já estou a seguir-te também!
    Conheça meus outros blogs:
    http://andreia-tempestade.blogspot.com/. Este blog e o Sol da Meia Noite são novos e ainda estão em fase de construção.
    http://andreia-devaneios.blogspot.com/. Este é o meu primeiro e esta completando um aninho de existência e para comemorar farei minha primeira blogagem coletiva que será no dia 28 de Fevereiro, venha conhecer e participar desta data tão significativa para mim!
    Espero por você ok!
    Doce beijo na alma e tenha um explendoroso fim de semana...

    ResponderEliminar
  35. Olá, Sergio!

    É uma honra tê-lo por perto. Bem, não sei se você compreende bem o Português... Preciso confessar que amei (e amo) demais a minha língua e, talvez por isso, não tenho me preocupado tanto em aprender outras... coisa que preciso mudar na minha vida...

    Obrigada pelas palavras! Vi que você disse que meu blog está lindo! [é que espanhol não é uma língua tão diferente assim da minha, mas possui suas peculiaridades, é claro] Saiba que fiquei muito contente em ter gente de outros lugares comigo!

    Olhe, tentei traduzir sua página para o Português usando o seu tradutor e não consegui. Deu algum erro, não sei se isso é problema da minha internet... queria que procurasse saber se outros estão tendo esse mesmo problema ou se é só comigo, até mesmo para que você não seja prejudicado por leitores que tenham desistido de lê-lo por causa de problemas técnicos...

    De qualquer forma, eu usarei o Tradutor Google... Tem como traduzir páginas de blogs nele... (risos)

    Não sei como me achou, mas fico feliz que tenha me encontrado!

    Abraço!

    ResponderEliminar
  36. Es una pesada mochila el rencor del cual solo es posible liberarse con el Perdon. Perdonar, ponerse en el lugar del otro, considerar sus razones, tratar de entenderlo nos ayuda a seguir adelante. A no quedar enredados en la maraña de los recuerdos y las vagas ilusiones de venganza.
    Cariños
    Rorry

    ResponderEliminar
  37. Hola Sergio!

    Que bello mensaje nos dejas... el valor del perdón...!!!

    No imaginas cuanto te admiro por la capacidad que tienes de perdonar..., es verdad... ya me gustaría ser como TÚ!!!
    No es que yo no perdone, pero no es con la facilidad que tú lo haces... me lleva tiempo y me queda siempre una ligera cicatriz, porque no olvido... difícil de entender... tal vez...
    Suelo decir para que entiendas... “perdono pero no olvido...” parece una contradicción, pero no lo entiendo como tal... a lo mejor es...!
    No olvido jamás lo bien que me hacen, pero lo malo también no... no por rencor, porque como te digo perdono, pero por lo menos sé de lo que esa persona es capaz..., aunque eso no me valga de nada, porque a veces me hacen... la primera vez, la segunda... y la tercera... y no aprendo nunca...!!!
    Pero te digo algo... el peso que me sale de encima cuando lo hago y la tranquilidad de mi conciencia no tiene precio...!!!
    Gracias M.A.A. por esta excelente reflexión que me ha hecho mirar hacia dentro y ver que tengo mucho que aprender de TI...!!!
    Eres un prodigio en la escrita a quien Dios ha dado el don de la palabra, pero mejor aun es tu corazón...!!!

    Te deseo lo mejor, porque lo mereces!

    Te dejo besos.

    ALMA

    ResponderEliminar
  38. PERDÃO É TERAPIA URGENTE.
    A MELHOR PREVENÇÃO.
    O MELHOR ALENTO.
    SENDA PARA A SERENIDADE - TUDO O QUE BUSCAMOS.

    ResponderEliminar
  39. Oie !! já estou acompanhando o seu blog, gostei muito daqui principalmente do de fevereiro "¡QUISIERA SER LUZ…!!! e esse do perdão(^_^)
    tenha um bom dia ! fica com Deus.

    ResponderEliminar
  40. Cómo ayudan estas palabras al espíritu. Porque siempre hay heridas que no acaban de cerrarse, y perdones difíciles, y sentimientos que nos hacen prisioneros...
    Un saludo con mi afecto

    ResponderEliminar
  41. Sergio, perdoe-me! Hoje não posso mais passear por aqui... Meu tempo anda meio curto...

    Obrigada por voltar e falar comigo!

    Em breve, venho visitá-lo como se deve.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  42. Excelente o seu blog, parabéns !

    Obrigada por estarmos juntos. Você vale ouro e, neste momento especial,tem um presente para você em nosso blog. Espero que goste.

    Atenciosamente,

    Raquel

    http://raquelcrusoe.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  43. Belo texto...perdoar é imprescindível...bjs

    ResponderEliminar